AUMENTO DO PÊNIS (ALONGAMENTO PENIANO)

AFINAL QUAL É O TAMANHO NORMAL DO PÊNIS?

O pênis sempre foi considerado fonte de potência, masculinidade e de domínio entre os homens. Quanto maior o tamanho do pênis, maior a força e a importância do seu dono entre as mulheres e entre os outros machos do seu grupo. Um pênis grande impressiona a todos, indica que o seu dono tem muito hormônio, muita força, tem prestígio e merece respeito; trata-se de um macho dominante. Um pênis grande demonstra que aquele homem é mais bem dotado, tem mais vigor sexual e é mais desejado pelas mulheres do que os outros, dando ao seu dono respeito e admiração, ao mesmo tempo em que inibe eventuais concorrentes.


É comum, e portanto normal, a preocupação de milhares de homens com o tamanho do seu pênis, mesmo quando a sua função erétil está preservada. Da mesma forma que milhares de mulheres colocam próteses mamárias por questões puramente estéticas, caprichos, prazer ou vaidade, também os homens despertam cada vez mais para a estética daquilo que pode melhorar; o tamanho do pênis.


Todos os homens com queixas sobre o tamanho do pênis devem ser ouvidos com atenção ao invés de simplesmente serem despachados com a frase “procura um psicólogo que isso é um problema da sua cabeça”.

O tamanho normal do pênis é aquele que deixa o homem e a sua parceira satisfeitos. A literatura médica mostra que a média do pênis normal varia com a raça, mas fica entre 8,5 e 9,4 cm em flacidez e entre 12,9 e 14,1 cm em ereção. Homens da raça negra têm média maior e homens da raça amarela têm média menor. Existem homens satisfeitos com pênis menores, enquanto que também existem homens insatisfeitos com pênis maiores. Acreditamos que a satisfação com o tamanho do pênis seja uma questão de ordem pessoal e inteiramente subjetiva; como quase tudo na vida.

voltar à página principal

 


O TAMANHO DO PÊNIS TAMBÉM É IMPORTANTE.

Alguns fatores influenciam no tamanho do pênis como a temperatura fria, o pós-operatório de cirurgias de próstata, o fator genético e o fator educacional (a opinião que o homem tem de si mesmo). Outras condições urológicas também alteram o tamanho do pênis como hipospádias, epispádias, encurtamentos da Doença de Peyronie, lesões traumáticas ou a retração peniana de pacientes com lesão de medula.

Não existe uma relação entre o tamanho do pênis em repouso e em ereção, ou seja, um pênis pequeno em repouso pode aumentar muito na ereção e um pênis grande, quando ereto, pode aumentar pouco. Também não existe relação entre o tamanho das mãos, dos pés ou do nariz com o tamanho do pênis. A masturbação e a prática sexual também não interferem no tamanho final do pênis.

voltar à página principal

 


O QUE AS MULHERES ACHAM DE UM PÊNIS GRANDE OU UM PÊNIS ENORME ?

O pênis grande atende mais às fantasias do que às necessidades das mulheres. Na verdade, para as mulheres, é muito mais importante para o seu prazer sexual ter um pênis largo do que um pênis comprido, pois a inervação vaginal que dá prazer sexual ás mulheres está concentrada na entrada da vagina e não no seu fundo. O chamado “ponto G” das mulheres fica nos 2 primeiros centímetros da parede superior das vaginas. Dessa forma para o prazer sexual das mulheres é muito mais interessante ter um pênis grosso do que um pênis comprido. Além disso sabemos que as vaginas das mulheres têm entre 10 e 12 cm de profundidade, de modo que não adianta o pênis ser muito maior do que isso, pois além de não caber totalmente dentro da vagina, ainda pode machucar o colo do útero durantes as relações sexuais.

voltar à página principal

 


A MEDIDA DO PÊNIS BRASILEIRO:

Em 1999, durante o 27° Congresso Brasileiro de Urologia (Rio de Janeiro), foi apresentado um estudo inédito; Antropometria Peniana em Brasileiros. Nesse estudo, foram realizados testes de ereção fármaco induzida em 246 pacientes, com idade entre 19 e 75 anos, que tiveram seus pênis medidos em estado de ereção rígida. A mensuração do comprimento do pênis foi realizada na face dorsal do pênis desde a sínfise púbica até o meato uretral externo. A circunferência do pênis foi medida posicionando-se uma fita métrica ao redor do terço médio da haste peniana.

Concluiu-se que a grande maioria dos homens tem o pênis medindo entre 12,9 e 14,1 cm de comprimento em ereção e entre 12,5 a 13,5 cm de diâmetro.

voltar à página principal

 



CIRURGIA PARA O ALONGAMENTO PENIANO:

A técnica de alongamento mais adotada é a que secciona o ligamento suspensor do pênis, que liga o pênis à sínfise pubiana. Com a secção deste ligamento o pênis se projeta para frente e para baixo, sofrendo um avanço de 2 a 3 cm. Como conseqüência direta desta cirurgia, o pênis perde a angulação que normalmente tem para cima. Dessa forma, durante a rigidez, passa a ficar apontado para frente ou para baixo. Na prática isso não influencia muito, pois no momento da penetração são as mulheres sempre que posicionam a glande para a entrada da vagina.

Apesar desses cuidados, essa cirurgia ainda não atingiu um consenso nem uma unanimidade, sendo ainda condenada por algumas entidades médicas do Brasil, apesar de já ser comumente realizada há vários anos, principalmente nos EUA. Vários outros tratamentos médicos de sucesso hoje em dia começaram sem o reconhecimento da comunidade médica em alguns países.

voltar à página principal


 

O QUE SE PODE OFERECER ALÉM DA CIRURGIA PARA O AUMENTO DO PÊNIS?

Em casos alguns selecionados, acreditamos que o uso do extensor peniano seja uma boa alternativa. Trata-se de um método não invasivo, reversível e que pode ser interrompido a qualquer momento. Não se pode garantir que todos os pacientes ficarão satisfeitos com o resultado, da mesma forma que em medicina não existe nenhum tratamento que sirva igualmente para todos os pacientes.

Os extensores podem oferecer alto grau de satisfação, uma vez que não prejudica a ereção, não atrapalham a sensibilidade, não causam muito desconforto, e são extremamente discretos. Devem ser usados por 1 ano durante o dia, sendo retirados apenas para dormir, tomar banho, urinar e ao manter relações sexuais.

voltar à página principal

 


O QUE CONTRA-INDICAMOS TOTALMENTE NO ALONGAMENTO PENIANO:

Somos contra a técnica de cirurgia de alongamento do pênis em pacientes que sofrem de forma neurótica com tudo que é relacionado com a sua genitália ou com a sua sexualidade. Esses pacientes jamais ficarão satisfeitos com qualquer resultado obtido e operá-los só irá agravar o seu estado emocional.

Não existe nenhum medicamento por via oral ou injetável que seja específico para o crescimento do pênis.

Não recomendamos extensor peniano do tipo Jes-Extender ou outros parecidos, pois são pesados, trabalhosos e NADA discretos. Sem falar que muitas vezes eles desmontam enquanto você está andando. Tampouco use extensores de peso que se penduram no seu pênis “enforcando” a sua glande.

Os aparelhos de vácuo são inadequados, pois deixam o pênis inchado, frio e roxo, e atuam por poucos minutos.

Para mais informações sobre o alongamento peniano, marque aqui a sua consulta.
 

FAÇA O TOQUE RETAL E O PSA UMA VEZ POR ANO.

USE CAMISINHA; EVITE A AIDS, O HPV E AS DST.

VERIFIQUE REGULARMENTE OS SEUS TESTÍCULOS E O SEU PÊNIS.
TENHA 2 A 3 RELAÇÕES SEXUAIS POR SEMANA.
ACABE COM A OBESIDADE, O FUMO E O ÁLCOOL.
FAÇA EXERCÍCIOS FÍSICOS REGULARMENTE.